Conceito e possíveis causas sobre o fenômeno “DELAMINAÇÃO”

FOSCO_PADRAO

A aderência do filme BOPP para o substrato pode ser seriamente prejudicada pela presença, na superfície da tinta, de ceras ou outros aditivos de “Slip” (Deslizante).

Todas as tintas contêm essas ceras e/ou aditivos, porém algumas têm maior quantidade do que outras, e essas são geralmente conhecidas como “Tintas de Alto Teor de Cera”, as quais são projetadas para dar melhor resistência ao desgaste e ao manuseio, e não necessitam de Laminação, envernizamento, ou outro revestimento por cima.

Todo trabalho a ser laminado ou envernizado deveria ser impresso usando tintas com baixo teor de cera, e estar totalmente seco.

 

***Dicas especiais UNIPACK!!!!

 Procedimentos que devem ser adotados para ELIMINAR esse efeito:

O ideal para a produção, é um tempo mínimo de 24 horas de secagem entre impressão e laminação. Porém a urgência do mercado gráfico, na maioria das vezes, não possibilita essa espera, por isso deverão ser realizados testes e procedimentos para esses trabalhos:

  • Teste nível Tratamento Corona do BOPP

Todos os filmes UNIPACK recebem tratamento corona, e saem com no MÍNIMO 38 dynas depois de cortados e rebobinados. Por isso durante esse processo nenhum filme poderá apresentar tratamento abaixo desse padrão. Depois de cortado e/ou rebobinados são testados com a caneta nos dois lados. (Recurso liquido 38 dynas).


  • Teste de aderência do BOPP & Papel Laminado

Teste de vinco ou o teste padrão rasgando a folha, você puxará o filme, caso a tinta ou a fibra sejam arrancadas à aderência está aprovada, se somente o filme for arrancado, a aderência estará fora dos padrões de qualidade.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar